origem

domingo, outubro 25, 2015

Benfica - 0 - lagartada - 3

Eu não sou como a outra múmia que nunca se engana e raramente tem dúvidas. Tenho sempre dúvidas e também me engano muitas vezes. Infelizmente, há alturas em que dava tudo para me enganar ainda mais vezes.

http://nao-se-mencione-o-excremento.blogspot.pt/2015/06/superacao.html

Boa noite.

VIVA O BENFICA!

P.S. - A única coisa boa a tirar de hoje foi o estádio, empurrado pelos No Name, quase vir abaixo a cantar pelo Benfica a partir do minuto 70, a fazer lembrar esta e esta ocasião. Temos, de facto, adeptos fabulosos.

2 comentários:

José Ramalhete disse...

E isso dá direito a troféu para o museu e para as estatísticas?

Artur Hermenegildo disse...

Além de tudo o resto, temos um plantel insuficiente. De uma equipa que no ano passado já era curta, saíram Maxi e Lima, e Sálvio está lesionado. O quarteto maravilha "Sálvio-Lima-Jonas-Gaitán" desfez-se.

O Talisca "desapareceu" já a época passada. O Pizzi está uma sombra do que fez, e não houve no defeso cuidado para encontrar um bom "8", nem dois bons laterais. O Nelson lesionou-se também e não há substituto à altura.

Já para não falar no disparate da pré-época.

Foi um desastre? Foi. Mas não foi melhor nem pior que os desastres de Jesus contra Villas-Boas (e com uma equipa muito superior). E ainda o ano passado tivemos desastres semelhantes em casa com o Zenith e o Braga para a Taça.

Talvez tenhas razão em relação ao Rui Vitória, Mas temos de reconhecer que não tem as armas que o outro teve.

Em relação à defesa, o Luisão está longe da sua melhor forma; o Eliseu é o que é, e não houve cuidado em encontrar uma alternativa; o Nelson estava excelente e lesionou-se. Lembro ainda que há dois anos a nossa defesa também esteve um desastre na primeira parte da época e depois recompôs-se.

Com os jogadores que temos, provavelmente temos mesmo de jogar com mais gente no meio campo. Mas isso pode implicar termos de sacrificar o Jonas, porque deixa de haver lugar para um 9,5. E sacrificar o Jonas implica abdicar de 50% da nossa criatividade.

É claro que pô-lo a jogar a "9" como ontem é um disparate.

Sinceramente,com o plantel que temos, não estou a ver grandes alternativas. Conseguiremos ganhar jogos contra equipas muito boas quando o Gaitán e o Jonas estiverem "em grande" e se a defesa não cometer muitos erros. Aconteceu isso em Madrid e foi a única vez.

Não se pode estar dois anos seguidos a desvalorizar o plantel e esperar milagres.

PS - Será que o Djuricic, o Carcela e o Cristante são tão maus que não têm lugar pelo menos no banco?